Burro e vaca do presépio arranjaram trabalho no Porto

Burro e vaca do presépio arranjaram trabalho no Porto

6 de Janeiro de 2013 às 10:00 por em Porto
 

burro e vaca despedidos do presépioDevem ter ouvido falar da destituição de que foram alvo o burro e a vaca do presépio.

O papa despediu-os neste Natal de 2012.

Pelos vistos, os criativos da Opal Publicidade foram encontrá-los a carpirem mágoas junto ao mar, na praia de Matosinhos, e a partir daí, assistiram ao “virar do livro” e ao renascimento destas famosas personagens, que assim se obrigaram a mudar de vida e a buscarem a felicidade neste 2013, com novas atividades. Como muitos portugueses, digo eu …

A Opal Publicidade acompanhou-os por vários locais da cidade do Porto. Várias lojas, um certo centro de emprego que não consegui identificar, e pela rua de Santa Catarina.

O vídeo é este:

Achei interessante verificar, que a vaca, Cornélia Antunes de seu nome, não é auto-suficiente, e bebe leitinho da Mimosa.

Julguei também perceber que o burro é adepto da Apple, pois tem um Mac, ao passo que a vaca parece preferir Windows ou Linux (não dá para ver, mas Mac não é de certeza). Será esta uma mensagem subliminar atendendo à natureza dos dois animais?

Por outro lado, julgando todos que se cruzaram com esta parelha, que imagino tenha dado bastante “nas vistas” enquanto andou pela cidade, não resisti a elaborar o meu Top 3 dos melhores populares.

O terceiro lugar vai para a senhora dos produtos hortícolas que está convencida que o mal do burro e da vaca é “terem-se tomado da pinga”.

3º lugar

O segundo lugar vai para o atónito colaborador da tabacaria, que perscruta insistentemente as nossas personagens enquanto o colega lê sofregamente.

2º lugar

E por fim, o primeiro lugar e o título mais mediático desta história, vai para a impagável senhora que confundiu a nossa querida vaca com um gatinho, mesmo no fim do vídeo.

1º lugar

Aos nomeados e a todos os outros anónimos que acabaram por participar nesta brincadeira, um bem haja.

É também por isto que adoro a minha cidade.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*