Receber automaticamente as atualizações de sites e páginas do Facebook

Receber automaticamente as atualizações de sites e páginas do Facebook

19 de Setembro de 2013 às 14:54 por em Internet
 

Existem páginas web que por algum motivo, seja ele apenas lúdico, ou mesmo profissional, necessitamos acompanhar, mantendo-nos ao corrente das novas publicações que ali vão sendo feitas.

Uma forma fácil de acompanhar esses desenvolvimentos é recorrendo às feeds RSS, no caso do website em causa, as produzir.

Tendo acesso à feed, basta utilizá-la num dos muitos leitores de RSS disponíveis.

Obter a feed de uma página do facebook

Um leitor de feeds permite visualizar num único local as alterações realizadas em diversas páginas web

Desta forma podemos colecionar as feeds dos sites que desejamos acompanhar e concentrá-las num único local.

Torna-se muito mais fácil acedermos às novas publicações desses sites na nossa conta online do Feedly ou mesmo numa aplicação para desktop de RSS como o GreatNews (isto para dar apenas um exemplo de cada tipo), do que aceder a cada um dos sites em busca de novo conteúdo.

Experimentado este expediente e comprovada a sua mais-valia para simplificar o processo de acompanhar os sites que queremos manter “debaixo de olho”, deparamo-nos com um problema:
É que nem todos os sites produzem as referidas feeds, o que inviabiliza totalmente o expediente descrito.

Há sites que não disponibilizam feeds

Não é que seja difícil ou trabalhoso para os autores dos sites, disponibilizarem feeds. Pelo contrário, trata-se de uma tecnologia antiga e muito fácil de implementar.

O que acontece é que muitos webmasters, mesmo recorrendo para a implementação dos seus sites, a Content Management Systems (CMS) que incluem por defeito, a tecnologia RSS ou outras similares, desligam-na para não a disponibilizarem.

Razão para tal: (tentar) obrigar o utilizador a visitar o site frequentemente.

Ora, para contornar o problema da ausência de feeds, existem diversas aplicações na web que permitem transformar páginas web (ou melhor, atualizações de páginas web) em RSS.

No entanto, a maioria destas aplicações são muito simples e embora sejam muito fáceis de utilizar, podendo ser utilizadas por quem tenha poucos ou nenhuns conhecimentos de HTML ou XML, pecam por produzirem maus resultados, mesmo para os sites com um layout relativamente simples.

Feed43

Entre todas, destaca-se uma aplicação web que embora exija algum conhecimento extra, consegue bons resultados, pois assenta o seu trabalho em padrões de reconhecimento de blocos HTML, que terão que ser ensinados à aplicação pelo utilizador.

Trata-se da Feed43.

No entanto, a Feed43 também não é a solução absoluta para todos os casos.

Penso mesmo que não haverá solução nenhuma que funcione a 100%, dada a natureza diversa e complexa dos sites para os quais podemos querer criar as feeds.

Acresce às desvantagens da Feed43 o facto de ser uma aplicação paga, que no seu formato gratuito tem algumas limitações, como a taxa de atualização pouco frequente de 6 em 6 horas, o limite de 20 novos itens a cada atualização e a limitação da dimensão da página a inspecionar, que não pode ultrapassar os 100KB.

Juntas, estas limitações podem tornar a utilização gratuita do Feed43 incapaz de acompanhar sites de alguma dimensão e com uma taxa de atualização elevada.

Mas a sugestão que vos faço não passa pela Feed43, nem por nenhuma outra aplicação afim.

Feed das publicações na página do Facebook

A sugestão e a estratégia, tiram partido do facto de atualmente, a esmagadora maioria dos sites deterem uma página no facebook e nela reproduzirem tudo aquilo que publicam no próprio site.

Sendo assim, repare que o mural da página facebook de determinado site, é como que uma feed, apresentando por ordem cronológica decrescente, as últimas publicações.

Então a sugestão é só isso? Convidar a aceder à página facebook do site para acompanhar as atualizações?

Não. Seria de pouca ajuda, já que teríamos igualmente que aceder a várias páginas diferentes para controlar os vários sites. A ideia é concentrá-los num único local.

O que vou dar a conhecer, a quem não saiba, é que associada a cada página facebook – não confundir com perfil facebook, pois esta caraterística não se aplica aos perfis como o seu e o meu – está uma feed. Só temos que saber como aceder a essa feed e incluí-la no leitor de RSS que escolhermos utilizar.

O endereço da feed segue um URL que tem como argumento o número identificador da página do facebook.

Já falaremos um pouco sobre esse ID, mas por enquanto olhemos para o tal URL que depois de preenchido representa a feed associada a determinada página Facebook:

http://www.facebook.com/feeds/page.php?format=atom10&id=COLAR_AQUI_ID_DA_PAGINA

O formato é sempre este e só necessitamos de substituir o texto COLAR_AQUI_ID_DA_PAGINA pelo identificador da página que queremos seguir.

Este ID é constituído por um conjunto razoável de dígitos, fazendo parte do endereço com que acedemos à própria página facebook, mas a partir do momento em que o autor da página personaliza esse endereço, o número deixa de ser visível.

É então necessário descobrir que número é esse, nos casos em que o URL da página facebook foi personalizado.

Para isso, o método mais simples consiste em aceder a uma página própria para o efeito.

Aceda a findmyfacebookid.com e cole aí o endereço da página da qual desconhece o ID.

A página retorna-lhe o identificador numérico que deverá copiar para substituir na expressão acima.

Acompanhar a feed de um mural de uma página facebook

Realizemos então o processo para um caso concreto.

À falta de uma página facebook do NumTePonhas, vamos fazê-lo com uma outra.

Imagine que desejamos acompanhar as publicações da página facebook do Seguros Mais, sabendo que o endereço dessa página foi personalizado e é https://www.facebook.com/SegurosMais, posso aceder ao FindMyPFacebookId apresentado acima, e colar na caixa de texto própria para o efeito, esse mesmo endereço.

Encontrar o ID para a feed da página do facebook

Fico a saber que o ID dessa página em particular é 220725624652842.

O ID da página do facebook

Completo o URL que gera a feed, obtendo:

http://www.facebook.com/feeds/page.php?format=atom10&id=220725624652842

E agora, é só indicar esse URL no leitor de feeds RSS que mais gostar.

Por exemplo no Feedly, onde os últimos conteúdos aparecem desta forma:

A feed da página do facebook vista no Feedly

Dependendo da forma como as atualizações são colocadas pelos seus proprietários nas páginas do facebook, o título poderá ou não ser reconhecido como tal. Neste caso,  título não foi reconhecido.

Ao adicionar esta feed ao Greatnews, o aspeto é o seguinte:

A feed da página do facebook vista no Greatews

Os leitores RSS também permitem agrupar os conteúdos

Nos leitores de RSS podemos mesmo agregar várias feeds numa única secção, representando um determinado assunto.

Se as agregarmos, ao consultar o resultado de todas, acabamos por obter numa única lista, todos os conteúdos que foram criados para aquele tema em particular, pelo conjunto dos sites e páginas do facebook que entendemos “seguir”.

Veja-se um exemplo de implementação para o tema Seguros incluindo a feed que utilizei para o exemplo e mais algumas.

Uma lista agregadora com as atuaizações de várias páginas do Facebook

Se como eu, quer manter-se a par de determinados temas e não pretende perder muito tempo dispersando-se a consultar diversos sites, esta pode ser uma boa estratégia.

Pelo menos no meu caso, evita-me a consulta de uma data de páginas do facebook, onde acabo por preferir consultar os conteúdos, em detrimento dos próprios sites, por estes serem apresentados cronologicamente.

A maior parte dos sites dividem o conteúdo em várias secções, afastando-se da perspetiva de publicação do tipo “blog” e tornando difícil reconhecer todos os conteúdos recentes.

Esta estratégia para poder acompanhar as atualizações das páginas do facebook, além de  me permitir concentrar a informação num único local para consulta, evita que eu tenha sequer que entrar no Facebook, sítio que não é de todo “a minha praia”.

Tags: , ,

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*